domingo, 5 de fevereiro de 2017

















Alguém muito doce
me pegou pelo braço
me levou até o leito
do meu pai morto
eu era menina
tão menina diante do monstro
que jamais iria naquele quarto
para encontrar meu pai morto
se não fosse alguém muito doce
a me levar pelo braço

Nenhum comentário:

Postar um comentário