quarta-feira, 20 de dezembro de 2017












chamo de alma aquilo que permanece
se penso naquilo que permanece
chamo de essência
chamo de eterno
enquanto meu corpo evanescente
se excita e se acalma dentro de outro
e não chama nem pensa mais nada

Nenhum comentário:

Postar um comentário